Autor

Share

António Dias de Figueiredo é professor catedrático aposentado do Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra e investigador do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra, onde se dedica à investigaçãoAntónio Dias de Figueiredo em “Sistemas de Informação nas Organizações”, “TIC na Educação e Aprendizagem”, “Estratégia e Qualidade na Educação Superior”, “Epistemologias da Prática (em Engenharia, Design e Educação)” e “Métodos de Investigação”. Exerce também actividade de consultoria em regime independente.

Licenciou-se em Engenharia Electrotécnica pela Universidade do Porto em 1970, doutorou-se em “Computer Science” pela Universidade de Manchester em 1976 e obteve Agregação em Engenharia Informática pela Universidade de Coimbra em 1982. Entre 1984 e 2007, ano em que se aposentou, foi professor catedrático do Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra, que fundou e ao qual presidiu até Março de 1997.

Durante seis anos representou Portugal no Programa Intergovernamental de Informática da UNESCO, Paris, no qual foi eleito Vice-Presidente para a região da Europa Ocidental (1994/1996). Integrou como representante de Portugal o Grupo de Responsáveis Nacionais para as Tecnologias da Informação na Educação, NTI/EDUC (1986/1994), da Comissão das Comunidades Europeias. Participou em vários projectos europeus, como parceiro e como consultor científico, e actuou em várias ocasiões como consultor da Comissão Europeia para questões de estratégia no uso das tecnologias da informação e da comunicação na educação. Integrou, por um período de quatro anos, o NATO “Special Programme Panel on Advanced Educational Technology”, do “NATO Science Committee”, Bruxelas. Foi Presidente do programa Europeu  “PROMETEUS – PROmoting Multimedia access to Education and Training in EUropean Society”, da Comissão Europeia (Março 2000 a Março 2001). Em 2004 presidiu ao “Special Interest Group in Context & Learning” do projecto europeu Kaleidoscope.

Foi o proponente, em 1985, do Projecto MINERVA, de introdução dos recursos informáticos na educação não superior em Portugal, tendo coordenado nacionalmente o mesmo projecto durante a sua fase piloto, entre Outubro de 1985 e Outubro de 1988. Foi membro do júri do Prémio IBM de Ciência entre a sua criação em 1989 e 2013. Presidiu, no período 1999/2001, ao júri do Prémio Descartes. Integrou, em 2002, o júri do Prémio Gulbenkian de Ciência. Foi membro do Conselho de Admissão e Qualificação da Ordem dos Engenheiros nos períodos 1998/2001 e 2004/2007. Participou no grupo de trabalho que conduziu à criação do Colégio de Engenharia Informática da Ordem dos Engenheiros, o em Maio de 1997.

Presidiu à Comissão de Acreditação dos Cursos de Licenciatura em Engenharia Informática da Ordem dos Engenheiros nos períodos 1998/2001 e 2004/2007. Presidiu à Comissão de Avaliação Externa dos Cursos de Engenharia de Sistemas e Computação, Engenharia Informática e Informática do Conselho de Avaliação das Universidades Portuguesas em 2002. Presidiu, entre 2011 e 2014, à Comissão de Avaliação de Informática e Engenharia Informática da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Em Junho de 1997 foi-lhe atribuído o grau de “Doutor Honoris Causa” pela Universidade Aberta, Lisboa e em Setembro de 2000 foi agraciado com o “Sigillum Magnum” da Universidade de Bolonha, Itália. Em 2005 foi-lhe atribuído pela APDSI o “Prémio Personalidade do Ano da Sociedade de Informação, 2005”.

É autor e co-autor de mais de quatro centenas de artigos e apresentou cerca de quatro centenas e meia de comunicações no País e no estrangeiro. É autor de vários capítulos em livros publicados no País e no estrangeiro. Entre os seus capítulos em livros mais recentes destacam-se “On the Historical Nature of Engineering Practice” (2013), “The Sustainability of e-Collaboration” (2008) e “Action Research and Design in Information Systems: Two Faces of a Single Coin” (2007). Integrou cerca de duas centenas de comissões organizadoras e comissões científicas de conferências realizadas em Portugal e no estrangeiro. É membro dos conselhos editoriais e consultivos do “International Journal of e-Collaboration”, da “Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão” e da revista “Educação, Formação & Tecnologias”.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.